BrazilJS 2014 e networking

Porto Alegre, 20 de agosto de 2014. Cheguei no fim de tarde e já dei de cara com o pôr-do-sol alaranjado visto de dentro do avião. Era o prenúncio de dias incríveis na cidade gaúcha.

Foi o meu primeiro BrazilJS e quero relatar a experiência incrível que é estar nesse evento. Não é a toa que programadores do Brasil todo estiveram ali. Conheci gente de Goiânia, Rio de Janeiro, Florianópolis, Belo Horizonte... Logo mais volto pra falar um pouco dessa galera, mas o fato é que, o networking com a comunidade é IMPRESSIONANTE.

TL;DR

Quero descrever nesse post apenas o que vivi nesses dias, sem adentrar muito nas palestras - essas quero descrever separadamente em outros posts. Sim, é muito conteúdo pra um post só...

UPDATE: já saiu a de ServiceWorker http://j.mp/1CiML0p.

Iiiit's TIME!

Na quinta-feira, cedinho, no local do café da manhã do hotel que fiquei, já encontrei dois programadores. Identifiquei logo que iam pro evento, pois estavam de mochila e quase que de saída. Perguntei para os dois se íam para o evento e acertei! Foi assim que conheci o Sóstenes e o Silas, dois programadores do ecommerce http://www.novomundo.com.br/ de Goiânia. Fomos juntos de taxi e chegamos antes do início do evento.

No café da manhã, logo reencontrei uma galera. Na hora da inscrição, falei com o Cirdes, do Eventick, que já havia conhecido no FrontinBH (veja o post). Nessa pegada de relembrar o evento mineiro, esbarrei com o Felquis e trocamos algumas ideias, junto com a Vanessa.

Continuando no coffee-break, achei uns caras que conhecia só em grupos do Facebook, o Pedro Nauck junto com o Bruno Possidonio e o Anderson Aguiar - que fez um excelente post sobre o evento aqui. Trocamos contatos e várias ideias sobre o evento e conteúdo. Muito legal essa transposição do virtual para o real (ficou meio que frase de efeito isso, mas ok... ).

O networking estava muito bacana até aqui e no fim do dia conheci o Nick Vidal, representante LATAM da Open Invention Network, que você pode conhecer mais clicando aí no link. A iniciativa é bem bacana e nós da Mustache Labs agora fazemos parte =D. Junto com o Nick acabei conhecendo um parceiro de empreendedorismo, o Emerson, da Alligo. Foi bom trocar experiências de empresa, das dificuldades e coisas boas de tocar seu próprio negócio.

Aliás, começo aqui minha seção de elogios à Mozilla por proporcionar o happy-hour e de cara aproveitar pra colher feedbacks para o DevTools do Firefox! Com certeza me reacendeu a vontade de voltar a debugar no Firefox! Aliás, desde os meus primórdios como front-end usava o Firebug sempre. E só pra deixar claro, o DevTools não é o Firebug, ok? Testa lá que vale a pena. O pessoal tem trabalhado bastante em melhorias -> https://developer.mozilla.org/en/docs/Tools.

Na sexta-feira acabei conhecendo o Lucas, mineiro e que também participou do FrontinBH desse ano. Trocamos tweets e nos falamos depois sobre a palestra de WebGL que, pra eu, ainda é uma parada de outro mundo...

Mozilla Game Show

Continuando, após o fim do evento na sexta-feira (22) a Mozilla convidou o pessoal pra participar do Mozilla Game Show, no Nós Coworking. Foi um evento pra descontrair e unir os desenvolvedores em desafios de perguntas sobre a web. Além da bebida de graça foi o momento que mais conversei com o pessoal e conheci mais gente bacana. Mais um ponto pra Mozilla!

foto roubada do Ícaro :)

Fomos de van, e no trajeto acabei conhecendo o Raphael "Xhamps" aqui de SP. Descobri que ele trabalha perto da gente aqui na Mustache Labs, em SP. Além dele, o Wesley Lima que trabalha com o Raphael. E de Florianópolis o Gabriel Zigolis - que aliás, é um dos commiters do Popcorn Time e, como eu, curte Backbone (pra caramba)! Depois dê uma passada no blog dele.

No fim da noite, saímos para um pós evento na Cidade Baixa - região de Porto Alegre com vários bares e restaurantes bem bacanas. Ficamos até altas horas falando de praticamente tudo: desenvolvimento, vida profissional, ideiais, etc. Lá conversei com o Ícaro Heimig que contou sobre o RSJS e como pessoal do Rio Grande tem se envolvido nos eventos além do Márcio Junior, mineiro, programador e gente boa!

Pude conhecer os carinhas que trabalham no Conta Azul - sofwtare de gestão de gestão financeira que uso e recomendo - o Eduardo Soares e o Randal. Facilmente identificáveis com as camisas da Conta Azul :)

Talvez tenha esquecido de várias pessoas. Conversei com tanta gente que não consegui decorar todos os nomes... Mas se você lembra de ter trombado comigo lá deixa seu comentário! :)

Afinal, pra que serve esse post?

Você que leu até aqui pode achar que isso é um diário de adolescente contando sua aventura. Mas o que quero passar como mensagem é o quanto é importante fazer novas amizades e contatos.

Em dois dias conheci mais de 20 pessoas que trabalham com o mesmo tipo de coisa que eu. Esse pessoal passa pelo mesmo tipo de situações no dia-a-dia e isso forma uma experiência muito rica.

Nessas conversas casuais falamos sobre novas tecnologias, frameworks, bibliotecas, linguagens além do JavaScript, novas ideias, percepções do nosso mercado, comportamento de um desenvolvedor, amizades, frustrações, sucessos e falhas...

Tudo isso em um evento gigante, mesmo não tendo contato pessoal anteriormente com a maioria deles.

Uma dica que deixo aqui é, sempre que for nesses eventos procure se enturmar. Mesmo que você seja tímido tente se aproximar de pessoas que não conhece, puxando algum papo sobre qualquer coisa. Pode até ser um "tá frio hoje né?" ou "tá curtindo o evento?". Mas não deixe passar essa oportunidade de conhecer alguém.

Outra dica é: procure ir a eventos sem se prender no seu círculo social. Eu fui sozinho e acabei me desprendendo mais pra chegar e conversar com gente que nunca tinha visto. Se tivesse acompanhado talvez teria me sentido confortável demais pra "sair atrás" de alguém pra papear. Se isso te impede de fazer networking vá sozinho!

Pra finalizar

Vá a eventos de desenvolvimento. Apoie a galera que organiza! Dê feedbacks, divulgue! São esses eventos que nos unem cada vez mais tornando a comunidade forte e colaborativa.

Ah e... seja corajoso! Fale, emita sua opinião, conte seus problemas pra alguém! Você não vai acreditar o quanto é possível aprender com isso!


* Bah, logo vou postar sobre algumas palestras - que foram tri legais, como:

** Deixe seu comentário - mesmo que não tenha ido pra POA!

comments powered by Disqus