Caipira Ágil 2014

Sábado, 06/09, participei do meu segundo Caipira Ágil, realizado na Unicamp, precisamente na FEEC (Faculdade de Engenharia Elétrica e de Computação).

O evento teve vários workshops e palestras incríveis, com nomes conhecidos nacional e internacionalmente, e contou com aproximadamente 250 pessoas.

Participei basicamente apenas de workshops. Vou relatar um pouco da experiência aqui.

Validação: O caminho

Daniel Wildt

Já de cara assisti uma palestra com vários insights bem bacanas sobre validação.

O Daniel explanou no início sobre o que realmente importa para o cliente. Citou exemplos de empresas que estavam insistindo em querer software quando na verdade precisavam apenas mudar processos internos e manuais pra resolver seus problemas.

Isso foi extremamente interessante e até contraditório pra eu, que sou desenvolvedor. Na nossa cabeça tudo é resolvido com software, e é claro que não é totalmente verdade. Às vezes uma placa, uma indicação ou uma alteração de um espaço físico já solucionaria o problema de um cliente.

Outra coisa importante é a rapidez em validar uma ideia. Coloque o mais rápido seu produto disponível ou até mesmo só um teaser da ideia e valide. Desde pageviews até inscritos pra receber novidades. O importante é validar e medir se vale a pena continuar ou não.

Na segunda parte do workshop pusemos em prática o Value Proposition Canvas. Testamos algumas ideias divididos em grupos e validamos seguindo o canvas. Impressionante como ele abre a mente pra vários pontos de atenção.

Como tomar decisões em equipe

Matheus Haddad

Decisões em equipe nem sempre resultam numa felicidade geral de todos. Ainda mais quando as decisões são concentradas e não tem a participação da equipe.

O Matheus sugeriu várias técnicas pra que o time participe de decisões, e usou exemplos como desde escolher o local de comemoração de uma entrega de sprint até definir quem do time vai receber um aumento liberado pela empresa.

Veja mais na postagem dele sobre Quadro de apoio para decisões em equipe.

Alguns pontos citados realmente nos fazem refletir:

  • Votação é ruim porque sempre tem um ou mais "perdedores";
  • O consenso também tem o mesmo problema da votação. Às vezes falta argumento técnico pra debater e a decisão é tomada por consenso;
  • Precisa haver visibilidade e simetria de informações em todo processo;
  • Quanto mais complexa a informação mais pessoas precisam ser envolvidas.

Learning Canvas and Feedback Canvas

Raphael Molesim e Victor Hugo Germano

Sem dúvida foi um dos melhores workshops, na minha opinião. Raphael e Victor começaram falando sobre o Feedback Canvas e como podemos avaliar um indivíduo de uma equipe.

Logo depois de explicarem sobre como implementaram isso na Lambda3, partimos para a prática do Learning Canvas, que tem uma proposta de dissecarmos um problema até encontrarmos sugestões para resolve-lo.

A mecânica é, descrever seu problema e os sintomas, e em conjunto com outras pessoas analisar a experiência de cada uma delas com relação a ele. Essa parte constitui a área do "passado" do canvas.

Em seguida, a área "Ideias" surge pra que, os integrantes da discussão insiram ideias sem preconceito nenhum, muito menos constrangimento por parte dos outros integrantes. Após esse processo, o indivíduo com o problema é quem insere na área "Tentar" coisas que ele deverá fazer pra resolver o problema.

Curti demais os dois métodos e com certeza vamos aplicar na MustacheLabs :)

Re-escrevendo os princípios Ágeis

Cecília Fernandes

A Ceci trouxe pra nós uma conversa no estilo open space, onde debatemos em grupos quais dos 12 princípios do manifesto ágil poderiam ou precisariam ser re-escritos para os dias de hoje.

Achei sensacional a ideia, visto que o manifesto já tem um bom tempinho (2001).

Pudemos trocar ideias e debater sobre como as coisas evoluíram e como a linguagem empregada nos princípios pode ter várias interpretações.


O fim do Caipira Ágil (será?)

No fim do evento, o Rafael Camargo anunciou que esse seria o último evento, depois de 4 anos.

Ainda não entendi se o motivo foi pessoal ou se a demanda de organização é muito grande pra galera. De qualquer modo, espero que a comunidade ajude e não deixe esse evento morrer.

É um dos eventos que mais proporcionam aprendizado na prática e traz pro interior uma galera de importância nacional e até internacional, como o próprio Rafael citou!

Pra finalizar

Se você ainda não se ligou no assunto, recomendo seguir esses caras que citei aqui no post. Veja o que eles tem publicado, leia os posts dos blogs de cada um e descubra (logo!) como ser ágil!

Já de cara aviso que não tem a ver com ser mais rápido, e sim simplificar as coisas =D.

comments powered by Disqus