FrontinSampa, acessibilidade e o tapa na cara que levei

Foi um baita de um tapa. Foi um soco no estômago. Assim que me senti vendo a palestra da Lêda Spelta no FrontinSampa desse ano. É constrangedor ver que, mesmo »

Semântica e as classes

Continuando uma discussão bem bacana que saiu no grupo FrontendBrasil, no Facebook, fiquei com uma vontade enorme de expôr minha opinião mais elaborada do que nos comentários. O Suissa abriu »